terça-feira, 31 de maio de 2011

Salvation - Fisrt & Gypsy Carnival Caravan (1968-69 US Psych Acid West Coast)


BANDA FORMADA EM 1967, EM SAN FRANCISCO, E DISSOLVIDA EM 1970!! DEPOIS DE UMA SÉRIE DE SHOWS BEM SUCEDIDOS NO GOLDEN GETE PARK ASSINAM COM A GRAVADORA ABC RECORDS E GRAVAM ESSES SEUS DOIS PRIMEIROS ALBUNS!! A BANDA FEZ SLOTS DE ABERTURA DE VÁRIOS SHOWS DE OUTRAS BANDAS COMO BIG BROTHER & THE HOLDING COMPANY, THE DOORS E CANNED HEAT!! A SONORIDADE DOS CARAS É PSICODELIA ESTILO WEST COAST EMBEBIDO DE ACID ROCK!! A BATERIA É BEM LEVADA, GUITARRAS FUZZ SOLANDO BEM LEGAL E O USO DE CÍTARA DÃO O TOM DESSA ÓTIMA BANDA!! VENENO RECOMENDADO!!

Excellent psych from these San Francisco Hippies, great acid leads, some sitar too!!
San Francisco psychedelic band Salvation was formed in 1967 by singer Al Linde and guitarist Joe Tate, who first met while students at the University of Washington. Bassist Artie McLean, keyboardist Art Resnick, and drummer Teddy Stewart later completed the original lineup, which at first called itself the New Salvation Army Banned. After earning featured spots in a series of concerts in Golden Gate Park, the band signed to ABC Records, albeit on the condition they abbreviate their name for fear of legal action from the actual Salvation Army. Salvation's self-titled debut LP followed in 1968, boasting an expansive, eclectic sound highlighted by the first single, "Think Twice." Opening slots for bands including the Doors, Big Brother & the Holding Company, and Canned Heat followed, and around the time of their second album, 1969's Gypsy Carnival Caravan, Salvation traveled to New York City to headline the Fillmore East and the Village Gate. But their future was jeopardized after the group's management reputedly ran off with their ABC advance, and in 1970 Salvation dissolved; Resnick later resurfaced in jazz circles with a handful of solo recordings as well as sideman dates behind Nat Adderley, Freddie Hubbard, and others.


Al Linde - Vocals
Joe Tate - Guitar
Artie McLean - Bass
Teddy Stewart - Drums
Art Resnick - Keyboards
U.S. Of Arthur - Organ, Harpsichord
Tom Scott - Flute - Tenor Saxophone
Bill Plumer - Sitar

Salvation
*********
01- Love Comes In Funny Packages 3:01
02- Cinderella 2:54
03- More Than It Seems 3:25
04- Getting My Hat 4:07
05- G.I. Joe 4:41
06- Think Twice 7:10
07- She Said Yeah 3:45
08- The Village Shuck 2:24
09- What Does An Indian Look Like 3:40

Gypsy Carnival Caravan 
   *********************
10- Hollywood 1923  3:23
11- Handles Of Care 5:49
12- Yuk Yuk 7:37
13- In The Evening 2:42
14- Salvation Jam 9:01
15- Come On Over Here 4:27
16- What'll I Do #42  3:59

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Monument - The First Monument (1971 UK Hard Prog)


VENENO RARÍSSIMO DESSA BANDA OBSCURA, CUJOS INTEGRANTES ERAM TODOS DA BANDA ZIOR!!  A HISTÓRIA DA FORMAÇÃO DA BANDA E DAGRAVAÇÃO DESSE ALBUM É BIZARRA, POIS SE DEU NUMA NOITADA DOS QUATRO INTEGRANTES DA ZIOR REGADA A MUITO ÁLCOOL E DROGAS!! OU SEJA, TOTALMENTE CHAPADOS, E ISSO SE NOTA NA SONORIDADE DO DISCO QUE É UM HARD PROGRESSIVO, MAS COM MUITAS M UDANÇAS DE TEMPO NAS CANÇÕES, MISCELÂNEA DE RITMOS E TALVEZ POR ISSO A SONORIDADE É UMA MISCELÂNEA COM MUDANÇAS DE TEMPO, ESTILOS BEM DIFERENTES, PROGRESSIVO MISTICO, HINOS AO OCULTISMO...!! O ORGAN HAMMOND TRABALHA PESADO POR AQUI!! ESSA É A ULTIMA APARIÇÃO DA BANDA ZIOR COM OUTRO NOME E SÓ POR ISSO JÁ É MOTIVO PRA DAR UM TÉKINHO NESSE VENENO!!


This was a rather mystical progressive album, which is now rare and sought-after by collectors. All four of those listed above were members of Zior and the album was the result of a drunken all-night jam session, which is probably why its such a mish-mash of tempo changes and different styles. The members of the already-excellent ZIOR congregate for a one-shot, drug-and-drink-fuelled luciferian mass, soundtracked by hypnotizing, hammond-adorned, catechismic dark prog hymns. better than anything ZIOR ever did and one of the real gems of dark british prog.

Jake Brewster (drums)
Marve Fletchley (bass)
Steven Lowe (vocals, keyboards)
Wes Truvor (guitar)

01. Dog Man - 3:20
02. Stale Flesh - 3:51
03. Don't Run Me Down - 2:28
04. Give Me Life - 3:53
05. The Metamorphis Tango - 3:56
06. Boneyard Bumne - 4:28
07. First Taste Of Love - 3:25
08. And She Goes - 2:36
09. Overture For Limp Piano In C - 3:32
10. I'm Coming Back - 2:52

http://www.megaupload.com/?d=P4QD6ZZ0

sábado, 28 de maio de 2011

Ten Years After - Full Moon At Gaelic Park 1971


MAIS UM SHOW RARO DA BANDA E COM AUDIO MUITO BOM!! AQUI NESSE SHOW OS CARAS FIZERAM UMA SELEÇÃO ATÍPICA DAS MUSICAS E PODERIA-SE DIZER QUE FOI UM SHOW EXPERIMENTAL DA BANDA, ISSO PORQUE TEM MUSICAS DO ATÉ ENTÃO INÉDITO ALBUM "SPACE IN TIME"!! SE VOCÊS PROCURAREM VERÃO QUE NENHUMA GRAVAÇÃO DE 1971 TEM ESSAS MUSICAS!!

Show rare band with very good sound!! It is an atypical set list. It is a experimental set, from the unreleased (at that time) "Space in Time"!!


01 One Of These Days
02 Once There Was A Time
03 Here They Come
04 Introduction To 'I Can't Keep From Cryin' Sometimes'
05 I Can't Keep From Cryin' Sometimes
06 Baby Won't You Let Me Rock & Roll You
07 Introduction To 'Hard Monkeys'
08 Hard Monkeys
09 No Title
10 No Title [Part II]
11 No Title [Part III]
12 Slow Blues In 'C'
13 I'm Goin' Home
14 I'm Coming On [Bonustrack]

terça-feira, 24 de maio de 2011

1º FESTIVAL DE MÚSICA DA RÁDIO UNIJUÍ FM

VOCÊ QUE TEM UMA BANDA OU TEM UM AMIGO QUE TEM BANDA NÃO PODE PERDER ESSA OPORTUNIDADE DE DIVULGAÇÃO!! 

FESTIVAL DE MUSICA DA RÁDIO UNIJUI FM, UMA RÁDIO BEM ALTERNATIVA DA CIDADE DE IJUÍ, REGIÃO NOROESTE DO ESTADO DO RS, UMA RÁDIO ESSENCIALMENTE DA UNIVERSIDADE UNIJUI, PORTANTO COM UM PUBLICO ESSENCIALMENTE JOVEM E UNIVERSITÁRIO, COM UM GRANDE ALCANCE EM VÁRIAS CIDADES DA REGIÃO!! PRA ORIENTAR, ESSA RÁDIO É ONDE EU FAÇO MEU PROGRAMA ROCK N ROLLGOLDMINE TODOS OS DOMINGOS ÀS 20 HORAS!! 

VEJAM QUE É UMA EMISSORA DO INTERIOR DO ESTADO E QUE ABRIGA O ROCK N ROLL GOLDMINE, PROGRAMA QUE SÓ ROLA SONZERA OBSCURA E RARA DOS ANOS 60 E 70!! VEJAM ENTÃO QUE É UMA RÁDIO BEM ALTERNATIVA E COM IDÉIAS INOVADORAS E AUDACIOSAS!! SÓ ESSA INICIATIVA DE RESGATAR FESTIVAIS DE MÚSICA JÁ É DIGNO DE REVERÊNCIA À UNIJUI FM!! ISSO SÓ ACONTECIA NOS ANOS 70 E HOJE É PROGRAMAÇÃO RARA EM QUALQUER LUGAR!! DÁ-LHE UNIJUI!! VAMOS RETOMAR OS FESTIVAIS DE MÚSICA!! POR TUDO ISSO É QUE VOCÊ NÃO PODE PERDER A CHANCE DE LEVAR SUA BANDA A ESSE FESTIVAL E COM ISSO TAMBÉM APRESENTAR ELA PRA GURIZADA DA REGIÃO E TAMBÉM PRA TODO BRASIL, POIS A RÁDIO TEM MUITOS OUVINTES BRASIL AFORA ATRAVÉS DA INTERNET!! VAMO LÁ PESSOAL!!! INSCREVAM SUAS BANDAS E DETONEM O ROCK N ROLL!! OS VENCEDORES GARANTEM PARTICIPAÇÃO EM CONCURSO DE NÍVEL NACIONAL!!

INFORMAÇÃO:
Estão abertas as inscrições para o 1º Festival de Música da Rádio UNIJUÍ FM!!! Bandas e artistas de todo o estado podem inscrever sua música inédita até o dia 24 de junho! Não perca esta chance! É hora das suas ideias tocarem na 106.9!!! Mais informações no www.radio.unijui.edu.br

NOTAS:
É hora das suas idéias tocarem na UNIJUÍ FM. A emissora promove neste ano a fase regional do 3º Festival de Música das Rádios Públicas do Brasil. Vencedores do 1º Festival de Música da Rádio UNIJUÍ FM garantem participação em concurso nacional.

Promovido pela Associação das Rádios Públicas do Brasil (ARPUB), o Festival de Música das Rádios Públicas do Brasil chega em 2011 à sua terceira edição. Com características diferentes da maioria dos festivais de música tradicionais, o objetivo principal deste projeto é abrir espaço na programação das rádios públicas, educativas e universitárias brasileiras para a nova produção musical das cinco regiões do país. No Rio Grande do Sul a emissora responsável pela realização da fase regional será a UNIJUÍ FM, com a supervisão da ARPUB.

O 1º Festival de Música da Rádio UNIJUÍ FM inicia nesta segunda-feira, dia 23. Nesta primeira fase, bandas ou artistas de todo o estado podem inscrever até duas músicas inéditas, que se identifiquem com os gêneros musicais rock, pop/rock, blues, MPB e instrumental. É preciso fazer a pré-inscrição on-line aqui http://www1.unijui.edu.br/festival-unijui-fm  e, em seguida, encaminhar a entrega do(s) CD(s) com a(s) música(s) e a documentação descrita no Regulamento do Festival. A etapa de inscrição das músicas vai até o dia 24 de junho.

A segunda fase será de avaliação das músicas pela comissão julgadora. As canções selecionadas passarão, então, a rodar na programação musical da 106.9 por seis semanas. Nesse período os ouvintes poderão votar na sua música favorita através do site. Entre 29 de agosto e 02 de setembro a comissão julgadora volta a se reunir para nova avaliação e, contando-se o voto dos ouvintes, serão selecionadas as músicas finalistas, que voltam a rodar na UNIJUÍ FM, por quatro semanas. Novamente os ouvintes poderão participar da avaliação, votando nas músicas através do site da rádio.

A avaliação final pela comissão julgadora está marcada para o período de 03 à 14 de outubro, quando serão escolhidas a Melhor Música com Letra, a Melhor Música instrumental, o(a) Melhor Intérprete Vocal - cantor(a) ou grupo, o(a) Melhor Intérprete Instrumental e o Melhor Arranjo. A divulgação dos vencedores da fase regional será realizada entre 17 de outubro e 08 de novembro. As canções vencedoras nas categorias Melhor Música com Letra e Melhor Música Instrumental vão participar do 3º Festival de Música das Rádios Públicas do Brasil – ARPUB, através da veiculação em todas as emissoras participantes com o mesmo número de veiculações, entrega de troféus e certificados.

Para saber mais sobre o 1º Festival de Música da Rádio UNIJUÍ FM acesse a página http://www1.unijui.edu.br/festival-unijui-fm  com o regulamento e ficha de inscrição para download e faça a sua pré-inscrição on-line. Não deixe passar essa oportunidade! É hora das suas idéias tocarem na 106.9!

Micah - I'm Only One Man (1971 US Prog Hard Rock)


VENENO AMERICANO RARO!! POUCAS CÓPIAS FORAM PRODUZIDOS DESSE ALBUM E POR ISSO É MUITO VALORIZADO ENTRE COLECIONADORES!! A SONORIDADE É PROGRESSIVE HARD ROCK COM PITADAS PSICODÉLICAS BEM LEGAIS E EM LONGAS SUÍTES, TUDO EMBALADO POR UMA ÓTIMA GUITARRA E UM ORGAN HAMMOND FURIOSO!!!! VENENO RARO E RECOMENDADO!! PRA QUEM QUISER SABER MAIS DA HISTÓRIA DA BANDA TEM UMA PÁGINA NO FACEBOOK COM A HISTÓRIA COMPLETA DOS CARAS!!

This is fantastic music: depressing organ & guitar, progrock with sidelong tracks and some interesting passages!! Pure raging Hammond, incredible guitar work and a rocking kit - excellent original prog-rock music!! The complete and previously unknown story of the Micah Band and the "I'm Only One Man" album is now available on the band's 


George Wolff (Percussion,Vocals) 
Gary Ohlson (Organ,Vocals) 
Bob Rowe (Lead Vocals)
Marty Horne (Lead Guitar)
Gus Hernandez (Bass)

1. He's A Dreamer
2. Look Around You
3. So You Can See
4. I'm Only One Man
5. You Don't Really Care
6. Rememberance of Things Past
7. Finale

segunda-feira, 23 de maio de 2011

REQUEST: Atlantic Ocean - Tranquility Bay (1970 Swedish Prog Rock)


ATENDENDO A PEDIDO DE UM ENVENENADO QUE NÃO ACHAVA O VENENO!! ALBUM RARO DESSA BANDA SUECA QUE GRAVOU SEU ALBUM NA FINLANDIA!! FAZIA UM ROCK PROGRESSIVO COM VOCAIS EM INGLÊS, COM ALGUMAS BALADAS SUAVES, TOQUES SUTIS DO FOLK E REGADO FLAUTA, SAX, PIANO E ORGAN!! O ALBUM É IRREGULAR, OU SEJA, UMA OU DUAS FAIXAS PODERIAM ATÉ SER RETIRADAS DO DISCO, MAS DE RESTO TRATA-DE UM BOM VENENO!! O DESTAQUE FICA POR CONTA DA ULTIMA MUSICA DE 19 MINUTOS DE DURAÇÃO QUE É UMA OBRA!!

"...Atlantic Ocean foi formada pelas cinzas do grupo pop Quints. Esse foi o embrião para muitos grupos populares como o sueco Fläsket Brinner, Jason Fleece, Baltik e Handgjort. Primeiro formaram o Quints, mais tarde mudaram o nome para o Atlantic Ocean em 1967 e assinaram um contrato com a CBS na Inglaterra. Mas CBS não estava muita disposta a lançar o álbum. Então levam as fitas master para a Finlândia e lançam o disco pelo rótulo Love. A banda se separou em 1970." 

Atlantic Ocean was formed by the ashes of the pop group Quints. That was the embryo to many popular swedish groups like Fläsket Brinner, Jason Fleece, Baltik, Handgjort. Featuring English vocals, this album is not particularly hard, though somewhat American sounding prog, with some soft ballads and even country flavored cut, which I find surprizing on a 1969 prog album out of Finland!!


Björn Jason Lindh (flute, saxophone)
Göran Ahlin [Greg FitzPatrick] (bass, guitar, piano)
Jan Bandel (drums)
Johnny Mowinckel (piano)
Staffan Stenström (vocals, bass, guitar)
Sten Bergman (organ, piano)

01. What Is The Time (0:29)
02. Take A Look Around You (3:42)
03. The Critics (1:52)
04. Soft Björn (inc. I Was Born) (4:12)
05. Able Baker Charlie Dog (2:25)   
06. Can't You Hear Them Shooting (2:15)
07. Very Special Dream (1:25)
08. Relapse (inc. United Fruit) (5:59)
09. Weather inc. Snow, Wind, Sun (19:12)

terça-feira, 17 de maio de 2011

Robin Lent - Scarecrow's Journey (1971 UK Folk Psych)


O ARTISTA OBSCURO E TALENTOSO "ROBIN LENT" NESSE ALBUM ESTÁ BEM ACOMPANHADO COM A PARCERIA DE DOIS DOS MAIORES MUSICOS HOLANDESES!! O FLAUTISTA DA BANDA FOCUS "THIJS VAN LEER" AQUI TOCANDO FLAUTA E PIANO, E DO GUITARRISTA DA FOCUS E DA BARINBOX, "JAN AKKERMAN" AQUI TOCANDO GUITARRA!! A SONORIDADE É UM FOLK PSICODÉLICO COM A FLAUTA SUTIL E O PIANO COMPETENTE DE THIJS, O ÓTIMO TRABALHO DE GUITARRA DE AKKERMAN E A BRILHANTE GUITARRA ACUSTICA DE LENT!! TUDO ISSO MISTURADO A LEVEZA NAS CANÇÕES FAZEM DESSE ALBUM UMA OBRA PRIMA E CLÁSSICA DO FOLK ROCK PSYCH!! VENENO RARO E RECOMENDADO!!

Robin Lent was accompanied on this album by Thijs van Leer and Jan Akkerman. This is a 1989 reissue. The album was originally released in 1971.

This is a classic 70's album with plenty of atmosphere and a uniqueness that of course has its influences, coming from James Taylor and Paul Simon among others. A seductive voice over simple and straight forward backings. Some brillant guitar work from Jan Ackermann and excellent flute and piano played by Tijs van Leer, two top Dutch musicians. Robin plays acoustic guitar and wrote all of the songs. Check out www.myspace.com/robinlent for more details on this obscure and talented artist. 

    Musicians:
-Robin Lent
-Jan Akkerman
-Thijs van Leer
-Jan Hollestelle
-Kees Kranenbur

01. Scarecrow's Journey
02. My Father Was A Sailor
03. Pushboat
04. Leaving Since You Came
05. Almitra (The Love That Became Us)
06. The Sky Has Called Us Out To Dance
07. Waiting For The Morning
08. Ocean Liner Woman
09. Sea Spray
10. Speak Softley Now

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Earthling Society - Beauty And The Beast (2008 UK Psychedelic Acid Rock)


AQUI ESTAMOS ABRINDO UMA EXCESSÃO PARA POSTAR UMA BANDA DOS ANOS 2000!! ÉÉÉEÉ!! ESSE É O QUARTO ALBUM DA BANDA E ONDE ELES MUDARAM A SONORIDADE PPRA MELHOR!! DO SPACE ROCK DOS DISCOS ANTERIORES PARA AQUI BEBER DA FONTE DA PSICODELIA!! MAS O DISCO É BEM ECLÉTICO!! A SONORIDADE É UMA FUSÃO ENTRE PSYCHEDELIC WEST COAST, FOLK ROCK, ACID ROCK E KRAUTROCK!! HARPAS ELÉTRICAS, HARMONIAS LEGAIS, MELLOTRON, GUITARRAS ACUSTICAS, FLAUTAS, PÁSSAROS CANTANDO, BANDOLIN, BATERIA TRIBAL, ENFIM, TUDO ISSO FAZ DESSE ALBUM UMA VOLTA AO HIPPIE FLOWER POWER DOS ANOS 60-70, COM CANÇÕES DOMINADAS POR UM VOCAL MADURO E POR UMA VASTA GAMA DE INSTRUMENTOS!! E VEJAM QUE ESTAMOS FALANDO DE UMA GRAVAÇÃO DE 2008!! O DESTAQUE PRA MIM FICA POR CONTA DA FAIXA  "THE MOONLITH ROAD" QUE, SE VOCÊ ESCUTAR SEM SABER O ANO DA GRAVAÇÃO,  PENSARÁ SE TRATAR DE UMA BANDA LÁ DO INÍCIO DOS ANOS 70!! POR TUDO ISSO ESSE DISCO MERECE ESTAR AQUI COM A INDICAÇÃO DE UM BOM VENENO!!

A fusion of West Coast psychedelia, acid folk, and Krautrock – recorded in their hand-built analogue studio -  “Beauty and the Beast” is Earthling Society’s fourth album… A farewell to their more obvious space rock leanings, instead they have drunk deep from the well of visionaries such as Syd Barrett, Todd Rundgren, Kevin Ayers and John Cale. Twelve string acoustics replace the heavy monotonous riffs that are associated with modern day psychedelia. Autoharps, harmonies and mellotrons weave in and out of concise kosmiche hymns.  Earthling Society have created a psychedelic sound that reflects the other side of the mirror or a playroom steeped in summers dusk. A farewell to their space rock leanings, instead they have drunk deep from the well of visionaries such as Syd Barrett, Todd Rundgren, Kevin Ayers and John Cale. Not to mention their obsession with the seven classic Utopian albums that the Moody Blues created from 67 - 72. Twelve string acoustics replace the heavy riffs. Autoharps, harmonies and mellotrons weave in and out of concise kosmiche hymns. 


- Fred Laird: guitars, bass, keyboards, bazouki, mandolin, kazoo, samples, theremin, vocals
- Jon Blacow: drums, percussion
- David Fyall: bass
- Kevy Canavan: piano, Hammond, mellotron, keyboards

01. Drowned World (8:52)
02. Candle Mass (4:35)
03. Tenement Song (4:59)
04. Sundropped (5:37)
05. Untitled (3:29)
06. Modest Flower (5:21)
07. Boy With The X-Ray Eyes (5:32)
07. Moonlit Road (6:28)
09. Valerie A Tyden Divu (12:14)
10. Playground Mystery (9:46)

http://www.megaupload.com/?d=TCVRU3HW

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Chants R&B - Stage Door Witchdoctors (1964-66 New Zealand Garage Rhythm & Blues)


ESSA É UMA DAS MAIORES BANDAS GARAGEIRAS DA NOVA ZELANDIA!! SEUS SHOWS AO VIVO ERAM LENDÁRIOS, COM MUITA ENERGIA E VIBRAÇÃO!! O SOM DOS CARAS ERA RYTHM BLUES GARAGEIRO DE ALTA QUALIDADE, TANTO NAS MELODIAS PRÓPRIAS QUANTO NOS COVERS DE OUTRAS BANDAS!! STAGE DOOR WITCHDOCTOR É UMA COMPILAÇÃO RARA COM VÁRIOS SINGLES E MASTER TAPES!! APESAR DE TER VÁRIOS COVERS O SOM GARAGEIRO DA BANDA E A QUALIDADE SONORA DA GRAVAÇÃO ERA MUITO BOA PRA ÉPOCA!! VENENO RARO E RECOMENDADO PRA QUEM GOSTA DE CURTIR UM BOM VENENO GARAGEIRO!!

A primeira versão dos Chants surgiu quando Jim Tomlin voltou de Auckland para Christchurch, em 1964, onde ele tinha estado na escola de arte. Em Christchurch, ele se encontrou com outro estudante de arte, Mike Rudd, e o baterista Trevor Courtney. Compton Tothill (baixo) e Stan Major (sax) completaram o line-up. Nomenado a banda de Chants, Compton e Stan logo partiram e foram substituídos por Pete Hansen, irmão mais velho de Eddie Hansen, da Ticket, no baixo. Eles tiveram sucesso quase imediato quando eles ganharam o famoso concurso a batalha ddas bandas de 1964. Seu prêmio foi uma sessão de gravação, e com isso gravaram quatro canções. Nenhuma dessas nunca foram liberados. O grupo tocou apenas em alguns poucos espaços existente na época, entre eles o clube "King Bee". Logo depois Pete Hansen saiu e foi substituído por Martin Forrer. A musica da banda começava a se transformar num estilo parecido com o Pretty Things, John Mayall e Graham Bond Organisation. Em agosto de 1965, o "King Bee" foi vendido e rebatizado de "Stage Door". Neste ponto, a banda também mudou seu nome para Chants R & B. Eles continuaram a tocar no "Stage Door" por cerca de um ano antes de decidir continuar a sua carreira. 

Em março de 1966 eles lançaram seu primeiro single no selo independente Action. Foi "I've Been Loving You Too Long" de Otis Redding, apoiado com a canção própria "I Want Her". Vendeu bem ao redor da área de Christchurch. Jim Tomlin decidiu deixar a banda após o single. Seu substituto foi o australiano Max Kelly, também conhecido como Matt Croke. Max não ia ficar por muito tempo, mas felizmente ele tinha participado na gravação de cinco músicas, antes de voltar para a Austrália. Essas faixas foram "I'm Your Witchdoctor", "Neighbour Neighbour", "Mystic Eyes", "Come See Me" e "Early In The Morning". O segundo single "I'm Your Witchdoctor", de John Mayall, apoiada com "Neighbour Neighbour", foi lançado em dezembro de 1966. Ele recebeu um selo local de boa qualidade, mas na época de seu lançamento a banda tinha ido para Melbourne, Austrália. O guitarrista Tim Piper se juntou à banda na Austrália no lugar de Max. Depois de tentar tocar em Melbourne por um tempo, o fim não estava longe. Trevor Courtney foi convidado e aceitou ser baterista da banda Campact. Ele foi substituído por Tinsley Waterhouse. Mike Rudd depois se juntou a Ross Wilson's Party MAchine no baixo em Junho de 1967. Em abril de 1969 Rudd formoua banda Spectrum e após o fim dessa formou a banda Ariel, em 1973. Na década de oitenta, ele formou outro grupo australiano chamado Mike Rudd and the Heaters.
The Chants R&B are maybe the greatest of all the New Zealand groups - and that's saying something considering the competition (Bluestars, La De Das, Pleazers and more). Their live shows were legendary with episodes like Mike Rudd nailing his guitar to the floor while still plugged in, generating wailing feedback! A glimpse of their live sound is available on The Stage Door Tapes. The songs are high quality, both the originals and the covers. Sound quality is remarkably good for the mid-Sixties, even on the live material. This CD is one of the best of its class. STAGE DOOR WITCHDOCTORS is compiled from various singles, master tapes, and acetates.

01.Neighbour Neighbour - 2:34
02.I'm Your Witchdoctor - 2:05
03.Mystic Eyes - 2:54
04.Come See Me - 2:31
05.Early in the Morning - 1:53
06.I Want Her - 2:40
07.I've Been Loving You Too Long - 2:51
08.I Forgot How It's Been - 2:24
09.One Two Brown Eyes - 2:48
10.When I Find Out - 2:38
11.That's the Way It's Got to Be - 2:14
12.Don't Bring Me Down - 2:03
13.Land Of 1000 Dances (não disponível nessa versão LP)
14.Interview with Jim Tomlin (não disponível nessa versão LP)

http://www.megaupload.com/?d=1OMV481V

sábado, 7 de maio de 2011

Landslide - Two Sided Fantasy (1972 US Hard Rock Acid Bluesy)


VENENO AMERICANO ESQUECIDO E RELEGADO A UM SEGUNDO PLANO PELA CAPITOL RECORDS QUE NA ÉOCA TINHA CONTRATOS LUCRATIVOS FIRMADOS COM BANDAS COMO GRAND FUNK RAILROAD E OUTROS!! POUCA INFORMAÇÃO TEMOS SOBRE A BANDA A NÃO SER O QUE TEM NO ENCARTE DO DISCO!! OS CARAS ERAM DE LONG ISLAND, NEW YORK!! ANTES DE FORMAR A LANDSLIDE, JOSEPH E TOMMY CAGLIOTI MAIS BOB SALUSTINO TINHAM TOCADO NA BANDA DE BLUES CHAMADA "TRAX" E DEPOIS DECIDIRAM FORMAR UMA NOVA BANDA!! PRA ISSO RECRUTARAM O VOCALISTA ED CASS MAIS O GUITARRISTA BILLY SAVOCA E ASIM COMEÇARAM A TOCAR EM CLUBES LOCAIS ANTES DE SE TRANSFORMAREM DEFINITIVAMENTE EM LANDSLIDE!! ESSE UNICO ALBUM DELES FOI GRAVADO EM 1972 E TINHA UMA SONORIDADE QUE VAI DO HARD ROCK, ACID ROCK, BLUES ROCK E O DESTAQUE VAI PARA A SLIDE GUITAR DOS CARAS QUE TRABALHA A MIL!! UM ALBUM EXCELENTE!! VENENO RARÍSSIMO E LATAMENTE RECOMENDADO!! NÃO CONSUMA COM MODERAÇÃO!!

It's interesting to note that in the early and mid-1970s Capitol Records had some fantastic acts signed to recording contracts.  Unfortunately, the label's focus was on boogie bands such as Grand Funk Railroad, relegating even more deserving outfits like Food and Long Island's Landslide to instant oblivion. In terms of bibliographical information, there doesn't seem to be a great deal of stuff readily available on this New York quartet.  What little I've found comes from the liner notes on their LP. The line up consisted of drummer Tommy Caglioti, Joseph Caglioti, singer Ed Cass, bassist  Bobby Sallustio and lead guitarist Billy Savoca.  Prior to forming Landslide, Joseph and Tommy Caglioti  and Sallusito had played in the blues band Trax.  Following it's break up, Sallustio dropped out of music to attend college, but within a short period, decided to form a new band with his former partners.  The three promptly recruited vocalist Cass and guitarist Savoca (who had been playing in the band Gullotos).  The five piece began playing local clubs as Hot Waks before metamorphosing into Landslide.

Released in 1972, their sole album "Two Sided Fantasy" was apparently a self-produced effort (credited to Proud Productions, Inc.).  With four of the five members contributing material the album offered up an enjoyable mix of blues-rock ('Everybody Knows (Slippin')'), Manassas-styled Latin-flavored rock ('Doin' What I Want') and conventional hard rock ('Happy').  Exemplified by tracks such as the leadoff rocker 'Doin' What I Want' ' the album offered up strong melodies, taunt vocals and Savoca's always tasty guitar.  While the entire album is good, highlights include 'Dream Traveler' (be sure to check out Savoca's lead guitar) and the closer 'Happy'.

--------------------------

Thought to have been a New York bunch, they don't appear to have released any 45s for Capitol, but their album is an undiscovered gem. Kicking off with ‘Do What I Want’ which featured slick rhythms and fine guitar, a high standard is set and equalled by ‘Creepy Feeling’ and the Johnny Winter-influenced ‘Everybody Knowns (Slippin)’, with its gruff vocals and fine guitar interplay. ‘Dream Novel’ rounds off side one with some simply exquisite guitar work. Perhaps the album's finest moment is ‘Happy’, the closing track, which builds into an amazing climax. Recommended. (Fuzz, Acid & Flowers)


- Tommy Caglioti -- drums, percussion, sitar (1972)
- Joseph Caglioti --  (1972)
- Ed Cass -- vocals, drums, percussion (1972)
- Bobby Sallustio -- bass (1972)
- Billy Savoca -- lead guitar, backing vocals (1972) 

1. DOIN’ WHAT I WANT
(B. Savoca-E. Cass) 5:08
2. CREEPY FEELIN’
(B. Savoca) 4:01
3. EVERYBODY KNOWS (Slippin’)
(T. Caglioti-B. Savoca) 7:18
http://youtu.be/qk0001Zrt3A
4. DREAM TRAVELER
(E. Cass-J. Caglioti) 4:37
1. SUSAN
(B. Savoca-E. Cass) 5:54
2. SAD AND LONELY
(J. Caglioti-E. Cass) 3:01
3. LITTLE BIRD
(B. Savoca-E. Cass) 4:58
4. HAPPY
(B. Savoca-E. Cass) 5:51

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Roger Bunn - Piece Of Mind (1969 UK Prog Folk Psych Acid Jazzy)


ROGER BUNN É UM MUSICO BRITÂNICO QUE GRAVOU NA HOLANDA E PARTICIPOU DA BANDA PETE BROWN PIBLOKTO E FOI MEMBRO FUNDADOR DA ROXY MUSIC!! PENA QUE O CARA FALECEU EM 2005 SEM NUNCA VER ESSE SEU PRIMEIRO E UNICO TRABALHO SOLO SER RELANÇADO, POIS ISSO OCORREU SOMENTE APÓS SUA MORTE E NUMA EDIÇÃO LIMITADÍSSIMA A 500 CÓPIAS!! A SONORIDADE DO DISCO É UMA MISTURA DE FOLK, POP NÃO COMERCIAL, PROGRESSIVO, ACID, PSICODÉLICO, COM ALGUNS TOQUES DE JAZZ, ALGUMAS FAIXAS LEVADAS AO SOM DE FLAUTA E CÍTARA, GUITARRA HIPNÓTICA MISTURADAS COM VOCAIS ECHOEY!! É UM MIX SONORO E ONDE POR VEZES O OCIDENTE MISTURA-SE COM O ORIENTE!! AQUI ESTÃO INCLUÍDAS MAIS OITO FAIXAS BONUS GRAVADAS POSTERIORMENTE!! VENENO RECOMENDADO!!

Piece Of Mind "é uma obra de "psicadelismo exótico, free jazz-rock, misturando Oriente com o Ocidente." Acrescente a isso uma pitada de R & B, com naipe de metais do jazz e um toque de psikepop que você tem uma boa descrição dos sons que contém esse disco originalmente lançado no Reino Unido. Quando o álbum foi lançado em 1969, Roger Bunn, já era um veterano músico britânico com um currículo impressionante em suas costas. Passou os anos 60 de banda em banda e em conjuntos de skiffle, jazz, beat, R & B, soul ... Roger Bunn er um musico versátil, fluente em vários instrumentos, mas, principalmente, tornou-se um mestre do contrabaixo. Depois de "Piece Of Mind" entrou na Pete Brown Piblotko, em projetos com os membros do Soft Machine, trabalhou com Ornette Coleman, viu uma de suas canções ser cantada por David Bowie e também foi membro fundador do Roxy Music, em 1970-1971, entre outras atividades. Um disco que deve ser essencial em qualquer coleção, reeditado em capa desdobrável e bonita, som remasterizado, com qualidade e um encarte com notas e fotos, vem com som remasterizado e uma edição de apenas 500 cópias dedicado à memória deste grande músico que morreu em 2005.


This is an excellent reissue of this great British LP from 1969. On tap is a diverse mix of folk, non-commercial pop, and prog, all with psych influences, and some featuring flute and sitar. 'Piece Of Mind' is a work of "exotic psychedelic free-jazz-meets-rock, East-meets-West, progressive and smoky moment in late Twentieth Century music history". Add to that a spice of jazzy brassed R&B and a touch of minor-key popsike sensitivity and you get an accurate description of the sounds contained in Roger Bunn's astonishing 1969 LP, originally released in the UK on the Major Minor budget label, but issued in some European countries (Ohr label in Germany or Phillips in Holland) in a beautiful gatefold cover that is the one choosen for this reissue. When the LP was released in 1969, Roger Bunn was already a veteran British musician that had gained an astonishing CV since he began playing in the professional circuit. He spent the sixties moving through several outfits playing skiffle, jazz, beat, R&B, soul... whatever. As The Beatles did, he spent some of his forming time in Germany, playing with British formations there. A versatile musician on several instruments, he became a master of double bass. After the 'Piece Of Mind' days he joined Pete Brown's Piblotko!, played with members of Soft Machine, worked with Ornette Coleman, saw one of his songs recorded (though never officially released) by a major rock star like David Bowie and even became a founding member of Roxy Music for a short period in 1970-1971, among so many other things. Strictly limited edition of ONLY 500 COPIES, made in loving memory of this great musician who passed away in 2005...

01. Road To The Sun
02. Jac Mool
03. Fantasy In Fiction
04. Jac Mool (slight return)
05. Crystal Tunnel
06. Three White Horses
07. Catatonia
08. Suffering Wheel
09. Guido The Magician
10. Powis Square Child
11. Old Maid Prudence
12. Humble Chortle
13. Jason's Ennui
14. 110o East + 107o North
15. A Weekend In Mandraxia
16. Life is a Circus
17. Falling Ships
18. In the Future
19. Lin-da's Jukebox
20. You and I
21. In love with you babe
22. Up for Grabs

http://www.megaupload.com/?d=GEMZXH99