sábado, 26 de junho de 2010

REQUEST: Fleetwood Mac - First Album 1968 (Japan Remastered)

PETER GREEN E SUA FLEETWOOD MAC EM SEU PRIMEIRO E EXCELENTE ALBUM AGORA COM BONUS TRACKS E REMASTERIZADO NO JAPÃO!! ESSENCIALMENTE BLUES DA GEMA, BLUES FEITO POR GENTE QUE ENTENDE DO RAMO!! FOI UM DOS PRIMEIROS DISCO EM VINIL QUE COMPREI E TENHO POR ELE UM VALOR INESTIMÁVEL!! A GRANDE MAIORIA JÁ CONHECE BEM A BANDA, TALVEZ NÃO ESTE ALBUM, ALIÁS, TEM GENTE QUE ATÉ HOJE PENSA QUE O FLEETWOOD MAC SÓ FAZIA UM SONZINHO POP AÇUCARADO COMO COMEÇOU A FAZER NOS ANOS 80 E NEM TEM IDÉIA QUE ESTA BANDA FOI UMA DAS MAIORES E MELHORES DO BLUES!! EU CONSIDERO ESTE ALBUM DISCOTECA BÁSICA PRA QUALQUER BLUESEIRO ENVENENADO QUE SE PREZE!! ESTE VENENO É UM FRASCO BÁSICO!! SE LIGA NA HARMONICA DA FAIXA "LONG GREY MARE" E "LOOKING FOR SOMEBODY"!! QUE PATAÇO NA NUCA!! ALTAMENTE RECOMENDADO!!
Fleetwood Mac é um grupo britânico, formado em 1967, quando o baterista e compositor Peter Green e o baixista John McVie deixaram o John Mayall’s Bluesbreaker para formar seu próprio grupo. A formação completou-se com o vocalista e guitarrista Jeremy Spencer, fortemente influenciado por Elmore James e o baterista Mick Fleetwood. Apareceram pela primeira vez no British National Jazz & Blues Festival, em agosto daquele ano, com o nome de Peter Green’s Fleetwood Mac, assinando em seguida com o empresário/produtor de blues Mike Vernon, do selo Blue Horizon, Peter Green já era conhecido como cantor de blues e guitarrista, e o Fleetwood Mac, como passou logo a ser chamado, tornou-se pioneiro no movimento de blues na Inglaterra, tendo sucesso imediato.

No final de 1968, Peter Green introduziu no grupo seu protegido, o jovem guitarrista Danny Kirwan; o Fleetwood Mac se tornou aasim, a única banda com tres guitarristas, sendo eles capazes de criar e tocar seu próprio repertório. Estavam entre os maiores sucessos da Grã-Bretanha, embora ainda não conseguissem atingir o mercado norte-americano.

Em 1969, o estilo de Peter Green começou a revelar um afastamento do Blues puro e, em maio de 70, num acesso de misticismo, ele resolveu deixar o grupo e a vida musical. Com sua estrutura profundamente abalada, o Fleetwood Mac se afastou por alguns meses, voltando no fim do ano com o álbum ” Kiln House “, que seria o trampolim para seu futuro sucesso nos EUA.

No ano seguinte, foi a vez de Jeremy Spencer; durante uma turnê pelos EUA, ele desapareceu em Los Angeles, sendo encontrado dias depois num templo da seita filhos de Deus, disposto a ficar por lá e abandonar a carreira musical. Sua decisão fora tomada após ter sido abordado na rua por um membro da seita, e era mais surpreendente devido ao fato dele ser um verdadeiro humorista de palco, fazendo memoráveis sátiras de Elvis Presley e Boddy Holly, e normalmente alheio à religiosidade.

Depois de novo afastamento devido a este último golpe, o grupo voltou. Mas devido as muitas alterações ocorridas no grupo e o fracasso dos LP lançados então, chegou a dissolução. Foi nessa época, em 1972, que o empresário Clifford Davis criou um outro Fleetwood Mac, sem nenhum dos integrantes originais, para substitui-los. Mas John McVie entrou com uma ação na justiça contra o grupo falso e ganhou.
A partir daí, novos ventos sopraram sobre o verdadeiro grupo: o casal Nicks e Buckingham se associou ao grupo e, com nova formação (Chistine McVie nos vocais e teclados, Mick Fleetwood na bateria, John McVie no baixo, Stevie Nicks nos vocais e Lindsey Buckgham na guitarra), o grupo voltou a ocupar seu lugar nas paradas de sucesso e a ganhar discos de ouro e platina.

Merece destaque, nessa época, o álbum Rumours, lançado em 1977, no qual os membros da banda deixaram aflorar a carga emocional experimentada anteriormente. Esse álbum tornou-se o mais vendido daquele ano, passando quase 6 meses no topo das paradas dos EUA, tendo recebido o Grammy de Melhor Álbum do Ano. Nele, figuram sucessos como Dreams, Go On Your Way e The Chain. Até 2003, Rumours vendeu mais de 19 milhões de cópias somente nos Estados Unidos e um total de 30 milhões de cópias pelo mundo, tornando-o um dos mais vendidos de todos os tempos.

Posteriormente a esse grande sucesso, Mick Fleetwood e Lindsey Buckingham lançaram LP’s individuais em 1982: ” The Visitor “, e ” Law And Order “, respectivamente.

01. My Heart Beats Like A Hammer
02. Merry Go Round
03. Long Grey Mare
04. Shake Your Moneymaker
05. Looking For Somebody
06. No Place To Go
07. My Baby's Good To Me
08. I Loved Another Woman
09. Cold Black Night
10. World Keeps On Turning, The
11. Got To Move
12. My Heart Beat Like A Hammer (Take 1)
13. Merry Go Round (Take 1)
14. I Loved Another Woman (Takes 1,2,3 & 4)
15. I Loved Another Woman (Takes 5 & 6)
16. Cold Black Night (Takes 1,2,3,4,5 & 6)
17. You're So Evil
18. I'm Coming Home To Stay

https://www.mediafire.com/?v55zvd0tb70nvt2
Postar um comentário