segunda-feira, 18 de julho de 2011

Ayers Rock - Big Red Rock (1974 Australian Jazz Bluesy Rock Fusion)


BOM VENENO AUSTRALIANO E COM PEDIGREE!!

A Ayers Rock foi uma banda de jazz fusion e rock progressivo de Melbourne, na Austrália. O grupo formou-se em 1973 e incluía muitos músicos de rock bem viajados; o baterista Mark Kennedy já havia tocado na Spectrum e nas sessões de King Harvest And Friends. O baixista Duncan McGuire, que também era engenheiro de gravação e produtor experiente, tinha tocado em grupos australianos desde a década de 1950, incluindo The Phantoms, The Epics e The Questions (que mais tarde tornou-se Doug Parkinson In Focus), e também tocou com King Harvest. O guitarrista Ray Burton já tocara com The Dave Bridge Quartet, The Delltones e The Executives, e trabalhou com Helen Reddy nos Estados Unidos, onde ele escreveu a música para o sucesso internacional de Reddy, “I Am Woman".

O trio foi reforçado com o guitarrista Jimmy Doyle, cujos créditos anteriores abrangiam The Delltones e Dig Richards e trabalhos como diretor musical da pianista Winifred Atwell em suas turnês australianas; Doyle também foi músico de estúdio, tendo participado, em 1969, das gravações do LP “Workin’ On A Groovy Think”, de Neil Sedaka, e do hit single australiano “Wheeling West Virginia”, ocorridas em Sydney. O novo grupo foi inicialmente chamado McGuire, Kennedy & Burton, mas mudou seu nome alguns meses depois para Ayers Rock, quando juntou-se à banda o saxofonista Col Loughnan. Loughnan começou sua carreira musical como vocalista, e tornou-se conhecido na Austrália na década de 1960 depois que assumiu como cantor principal do popular quarteto vocal Delltones, após a morte do membro fundador do grupo, Noel Widerberg.

A Ayers Rock assinou contrato com a Mushroom Records e lançou seu primeiro single, "Rock 'N Roll Fight”, em dezembro de 1973. Em 1974, a banda emitiu seu primeiro disco longo, “Big Red Rock”, gravado ao vivo no Armstrong Studio, em Melbourne, contendo uma nova versão para “Lady Montego”, de McGuire, lançada originalmente pela Friends. O sucesso do álbum permitiu ao grupo excursionar pelos Estados Unidos (onde a banda assinou com a A&M Records) em 1975-1976. Depois que o seu segundo disco, “Beyond”, foi lançado em 1976, o grupo parou por um tempo; em 1979, alguns membros reagruparam-se para o lançamento de um terceiro LP, “Hot Spell”, que saiu em 1980. O grupo separou-se em 1981.
Taped live in Melbourne over two nights in September 1974, their first album, "Big Red Rock", is made up of rather bluesy, rock-based songs with sax and flute that give it a slight jazzy feel.

Australian band's Ayers Rock debut album was recorded live, but the sound quality is excellent! As it often happens with marginal prog markets, even if this album was recorded in 1974, it sounds more as US band from 1969-70.
The music on this album is mostly slightly psychedelic blues-rock with some jazz-rock elements. Album's opener "Lady Montego" is melodic and energetic song mixing blues rock, sax and CCR influences. Vocals are really strong and have some John Fogherty timbres. "Talkin' 'Bout You" is another bluesy rocker with plenty of sax. The sound could be compared with early "Bad Company" american version with plenty of sax added.

Chris Brown (Electric & Acoustic 12-string Guitars / Lead Vocals)
Col Loughnan (Tenor, baritone, electric soprano saxes / Vocals / Flute / Electric piano / Percussion)
James Doyle (Electric and Acoustic 6-string Guitars / Percussion / Multron guitar)
Duncan McGuire (Fender jazz and fretless basses)
Mark Kennedy (Drums / Percussion)

1. Lady Montego (McGuire) 2:49
2. Talkin' 'Bout You (McGuire) 3:57
3. Goin' Home (McGuire) 3:03
4. Crazy Boys - The Hamburger Song (Loughnan) 9:10
5. Nostalgic Blues (Brown) 4:37
6. Big Red Rock (Loughnan) 8:28
7. Boogie Woogie Waltz (Zawinul) 10:12
8. Get Out To The Country (Brown) 4:37

Postar um comentário